Clicky

Plataforma Healthcare Management. Ideias, Tendências, Líderes e Práticas - Healthcare Management

Teto investiu mais de R$ 1 milhão na criação e desenvolvimento de novos produtos em 2021

A expectativa da Teto para 2022 é de um crescimento acima de dois dígitos

Os últimos 12 meses foram sinônimo de resiliência e retomada para a Teto. Apesar do atual momento conturbado, a empresa investiu em seus produtos, conquistou novos clientes e fortaleceu a sua presença com parceiros da casa.

“Mesmo diante de um cenário de escassez de matéria-prima, câmbio totalmente desfavorável, entre outras intempéries para quem empreende neste país, investimos mais de R$ 1 milhão na criação e desenvolvimento de novos produtos, contratação de profissionais e melhoria de processos”, explica Rodrigo Motta, diretor da empresa.

Como resultado, Motta afirma que a Teto “conseguiu crescer, continuar em uma posição de destaque, lançar novos produtos com design diferenciado e preços competitivos.”

Foi com esse posicionamento que a Teto conseguiu atender a necessidade de seus clientes, sejam eles pequenas clínicas do interior do Brasil ou grandes hospitais de reconhecimento internacional, sempre prezando pela qualidade, design e prazos de entrega.

Teto investiu mais de R$ 1 milhão na criação e desenvolvimento de novos produtos em 2021 1
Sérgio Fix, diretor da Teto

“Buscamos uma diferenciação que entregue valor percebido ao nosso cliente, além de um produto de alto padrão, sempre fugindo dos designs feitos em massa pela concorrência”, compartilha Sérgio Fix, diretor da Teto

Questionado sobre como manter a liderança no mercado, Motta diz que a concorrência “seguidamente copiava grosseiramente nosso design, mas não a nossa qualidade”.

“Ao invés de ficar chateado com isso, resolvemos acelerar o processo criativo, de desenvolvimento e prototipagem dos novos produtos que venham de encontro com a necessidade dos nossos clientes”, ressalta Fix.

Atualmente, a Teto está presente em grandes instituições, como Prevent Senior, Rede D’Or, Hospital Albert Einstein (SP), Rede Kora, Hospital Meridional (ES), Grupo Oncoclinicas, DASA, Grupo Fleury, Rede Mater Dei (MG) e mais de 50 Unimeds em todo o Brasil.

“Nós temos um alto índice de retenção e de recompra. Nossa marca se faz presente a partir da recomendação legítima entre nossos clientes e demais profissionais do setor. Isso é motivo de muito orgulho para nós”, pontua Motta.

“Queremos cada vez mais estar próximos dos clientes, escutá-los, entender suas demandas e dores, para, assim, entregar soluções ideais.”

A expectativa de Motta para 2022 é que a Teto tenha um crescimento acima de dois dígitos.

“Infelizmente ainda temos um ambiente político instável, o que por vezes atrapalha as perspectivas positivas e atrasa investimentos. O importante é fazermos a nossa parte e ajudar a construir e consolidar o segmento de saúde ainda mais forte e com mais qualidade.”

E completa: “Temos muito a melhorar e fazer ainda, temos plena consciência disso. A evolução é uma constância, um caminho sem volta.”

Esta matéria e muito mais você confere na edição 80 da Revista Healthcare Management.

Próximo Post

HCM | Edição 82

Revista Healthcare Management - Edição 82

Revista Healthcare Management - Edição 82

Revista Healthcare Management - Edição 82

  ASSINE A NEWSLETTER

Assine as revistas do Grupo Mídia

Quer falar com o mercado da saúde?
Fale com a gente!

16 3913 – 9800

Assinaturas e circulação: assinatura@grupomidia.com
Atendimento ao leitor: atendimento@grupomidia.com
Redação: redacao@grupomidia.com
Comercial: comercial@grupomidia.com