SISQUAL atinge marca de 200 mil colaboradores sob sua gestão no Brasil

Ainda considerado um dos países mais atrativos para se investir entre os BRICs, a economia brasileira tem colocado à prova multinacionais que decidiram iniciar suas operações em terras tupiniquins.

No entanto, a turbulência enfrentada pelo mercado nos últimos anos não intimidou a SISQUAL, empresa do segmento de TI especializada no desenvolvimento de ferramentas de Workforce Management (WFM), e considerada pelo Gartner um dos principais players de WFM do mundo e a única latina entre as dez maiores do segmento que, em março de 2019, alcançou a marca de 200mil colaboradores gerenciados por suas ferramentas nos mais diversos setores do mercado no brasileiro.

Para o diretor executivo da SISQUAL, José Pedro Fernandes, alcançar esta marca histórica em tão pouco tempo mostra não apenas que as estratégias da empresa seguem de acordo com o planejado, mas também que instituições de saúde, varejistas e empresas de serviços viram na SISQUAL mais que uma fornecedora de software de gestão. “Identificaram um parceiro estratégico, capaz de oferecer soluções de gestão que geram resultados significativos, relacionados a eficiência e redução de custos.”

Com o objetivo de manter uma taxa de crescimento similar a desempenhada nos anos anteriores, que giraram em torno dos três dígitos, a empresa tem plena consciência de que o desafio é grande, mas que será alcançado. “2019 já é um grande ano para a SISQUAL, já conseguimos superar o número de vendas do ano passado e ainda temos muitos meses para fazer o melhor ano da história da empresa”, acrescenta o diretor comercial Brasil da SISQUAL, Fernando Zucki.

A multinacional portuguesa criou, ao longo dos anos, fortes alicerces para garantir seu crescimento e se posicionar como pioneira nos mercados onde atua, sendo reconhecida como uma solução indispensável para redução de custos e aumento de produtividade pelos mais de 700 clientes no mundo e em terno de 1 milhão de colaboradora gerenciados em todas a geografias.

Ainda de acordo com Fernando Zucki, alcançar a marca dos 200mil “Sisqualinos” – como foram carinhosamente batizados os colaboradores gerenciados pelas ferramentas de WFM – foi apenas a primeira grande conquista. A SISQUAL pretende chegar em 2019 a 400.000 pessoas no Brasil gerenciadas por suas soluções de gestão da força de trabalho e produtividade.

Veja mais posts relacionados