Fundação São Francisco Xavier chega aos seus 50 anos como referência

Uma agente de transformação social. É assim que a Fundação São Francisco Xavier (FSFX) vem se consolidando ao longo de suas cinco décadas de atividades. Fundada em Ipatinga (MG) como administradora de unidades de Educação e Saúde, a fundação atendia, inicialmente, os empregados da Usiminas e seus familiares. Com o passar dos anos, a Instituição ampliou sua área de atuação, expandindo seus negócios em âmbito nacional com o objetivo de inovar e crescer.

Desde sua inauguração, a FSFX é responsável pela administração do Colégio São Francisco Xavier e do Hospital Mário Cunha (HMC), unidade que atende cerca de 1,6 milhão de habitantes das regiões leste e nordeste de Minas Gerais.

A Fundação também é administradora do Hospital Municipal Carlos Chagas (HMCC), em Itabira (MG), e do Hospital de Cubatão (SP). Além dos hospitais, a FSFX mantém a Usisaúde, operadora de planos de saúde que atende mais de 160 mil vidas e é considerada a maior do Brasil na modalidade filantropia.

Segundo o diretor-presidente da FSFX, Salomão Maciel Dias Ferreira, a Instituição se pauta em uma gestão focada na assistência de qualidade aliada a um ambiente acolhedor e seguro para o paciente. “Praticamos uma cultura de segurança assistencial voltada para prevenção, controle e redução de riscos no ambiente hospitalar”, afirma.

Reflexo disso é o Hospital Márcio Cunha (HMC) que, desde 2003, mantém o mais elevado nível de gestão em serviços hospitalares, com acreditação ONA Nível 3. Além disso, o HMC foi também o primeiro hospital do Brasil a ser reconhecido pela excelência no uso de informações e tecnologia para melhorar a qualidade da saúde e do cuidado, bem como a segurança do paciente pelo Prêmio HIMSS Elsevier Digital Healthcare Award.

Em 2014, o HMC recebeu da líder mundial em certificações Det Norske Veritas e Germanischer Lloyd (DNV-GL) a DNV International Accreditation Standard (DIAS), a norma de acreditação hospitalar baseada na National Integrated Accreditation for Healthcare Organizations (NIAHO), que é formalmente reconhecida pelo

Diretor-presidente da FSFX, Salomão Maciel Dias Ferreira.

Departamento de Saúde dos Estados Unidos.

Humanização: uma Prioridade

Pensando sempre na excelência no atendimento, a FSFX tem como um de seus pilares a humanização do ambiente hospitalar como estratégia para melhorar a experiência do paciente. E isto vem desde a atenção primária.

“Implantamos em 2014 um projeto inspirado no modelo de atenção primária da Cambridge Health Alliance, de Boston. O Usifamília é um programa que resgata o conceito de médico da família, a partir do atendimento regionalizado e descentralizado, que promove a vinculação do paciente e sua família a uma mesma equipe de saúde”, explica Ferreira.

Já em 2017, o HMC inaugurou a unidade Oncologia Pediátrica, um exemplo em qualidade e humanização. Decorado de forma lúdica, o “Submarino Mágico”, como é chamado, tem o objetivo de que o tratamento da doença interfira o mínimo possível na rotina de vida das crianças.

Educação: um Compromisso

Desde a sua inauguração, é responsável por gerir o Colégio São Francisco Xavier (CSFX), que é a unidade mais antiga, fundada em 1962. O CSFX nasceu da necessidade de oferecer aos filhos de funcionários da Usiminas um ensino de qualidade em Ipatinga, e assim, fazer com que as famílias fixassem moradia na cidade. E desde então, o Colégio vem se destacando no cenário educacional do Vale do Aço com ótimos resultados. Em setembro de 1997, o Colégio tornou-se a primeira instituição escolar do Brasil, de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio, a obter a certificação ISO 9002, e em 2002, foi a primeira instituição educacional do país a alcançar a certificação ISO 9001 versão 2000.

 

Além de oferecer um ensino de qualidade do berçário ao ensino médio, há oito anos o Colégio conta com o CSFX Técnico, criado para oferecer um ensino qualificado e eficiente aos alunos que desejam ter uma formação específica para ingressarem no mercado de trabalho. Outro passo importante foi dado recentemente pela Fundação, que acaba de anunciar a implantação da Faculdade São Francisco Xavier. A faculdade inicialmente oferecerá o curso de Enfermagem.

50 Anos de Mudanças

Ao longo de suas cinco décadas de existência, a FSFX acompanhou inúmeras mudanças no setor da Saúde, principalmente no que diz respeito às práticas de saúde e tecnologia. Salomão enumera algumas delas.

“A tecnologia possibilitou a realização de exames mais complexos, que antes não era possível. Vários fatores contribuíram para as mudanças no setor e provocaram melhorias significativas. Um exemplo disso é a redução da hospitalização. Ou seja, a busca por tratamentos que permitam cuidar do paciente em casa e, assim, reduzir o seu tempo de permanência no hospital”, diz.

Os desafios para os próximos anos, segundo o diretor executivo, são inúmeros. Entre os objetivos da Fundação estão a ampliação de sua capacidade, bem como a velocidade de adaptação a novas tecnologias. “Nosso objetivo, aliado a tudo isso, é desenvolver uma liderança que transcenda as previsões e tendências. Que seja criativa, disruptiva e transformadora.”

Dias Ferreira explica ainda que as ações da Fundação são planejadas e realizadas com o objetivo de manter a sua sustentabilidade em curto, médio e longo prazos, possibilitando a liquidez necessária para realização de novos investimentos e agregar mais valor. “A FSFX atua de forma comprometida com o desenvolvimento humano e a sustentabilidade nas práticas de gestão, multiplicando oportunidades de negócio com efetividade nos resultados”, conclui.

Está matéria e muito mais você confere na revista Healthcare Management edição 63!

Veja mais posts relacionados

  ASSINE A NEWSLETTER