Clicky

Construtora Tedesco investe em equipe robusta de back office, tecnologia e planejamento

Gerir construções, principalmente no setor da Saúde, é uma atividade que envolve uma série de variáveis importantes, e que vão muito além da atividade da obra em si. É preciso cuidar de aspectos estratégicos envolvidos desde o planejamento das obras até questões como back office. Essa última, inclusive, impacta na antecipação de situações imprevistas e desfavoráveis ao longo da execução de uma obra.

Seguindo esses passos, a Construtora Tedesco se dedica ao planejamento bem estruturado, estudando o máximo de informações possíveis antes da execução das obras.

Inicialmente, é realizada a análise detalhada e completa dos projetos e documentações. As reuniões de alinhamento também são feitas rotineiramente, para que sejam conhecidos os principais desafios da obra e mapeados os pontos de atenção.

Tais pontos elencam fatores como prazos de execução, critérios de entrega dos serviços, quantidade de serviços, materiais e dimensionamento de mão de obra, metodologia executiva a ser aplicada e inteligência logística para definir o plano de execução de cada empreendimento.

Tecnologia interligada

Para a elaboração do cronograma, a Tedesco recorre a softwares específicos, que interligam todas as atividades na Estrutura Analítica do Projeto (EAP), obedecendo uma sequência de execução.

Por meio de ferramentas Building Information Modeling (BIM), é possível partir para a tridimensionalidade, em que as características das obras e o entendimento das especificações de projeto são facilmente visualizados. Com uma modelagem de qualidade, os levantamentos de quantidades dos projetos são realizados com maior agilidade e precisão.

Com o BIM é possível melhorar a evolução dos estudos técnicos para executar a Engenharia de Valor (abordagem que busca reduzir os custos de um produto sem que ele perca qualidade ou funcionalidades) e do Plano de Execução das obras em 4D, apresentando ao cliente o faseamento da obra no prazo projetado.

Paralelamente, a equipe de Gestão de Custos faz orçamentos dos insumos e serviços no mercado, procurando por fornecedores idôneos e comprometidos com a qualidade. A Tedesco utiliza plataformas específicas para a gestão dos processos de suprimentos que garantem a excelência e agilidade nas operações.

Dentre os benefícios que tais plataformas proporcionam estão as requisições de compras e contratações eletrônicas virtualmente, cadastro e homologação de fornecedores através do uso de RPA (Robotic Process Automation), fluxo e assinatura eletrônica de contratos.

Adaptações do mercado

Muitas indústrias paralisaram a produção por até 90 dias no início da pandemia e os estoques foram praticamente zerados. A redução da oferta de materiais e a alta cotação do dólar, neste momento, foram os causadores do aumento do custo da construção civil no Brasil.

Para a Tedesco, o principal desafio está na aceleração dos preços de materiais e insumos como cimento, aço, cobre, alumínio entre outras commodities.

Para contornar este obstáculo, a empresa tem focado em novas estratégias, como a entrega de propostas mais competitivas, buscando alternativas técnicas que atendam às necessidades e padrões estabelecidos pelo cliente.

Esta matéria e outras você confere na Revista HealthARQ edição 34!

Próximo Post

HCM | Edição 77

HCM | Edição 76

  ASSINE A NEWSLETTER

Assine as revistas do Grupo Mídia

Quer falar com o mercado da saúde?
Fale com a gente!

16 3913 – 9800

Assinaturas e circulação: assinatura@grupomidia.com
Atendimento ao leitor: atendimento@grupomidia.com
Redação: redacao@grupomidia.com
Comercial: comercial@grupomidia.com