Clicky

100 Mais Influentes da Saúde da Década: Paulo Chapchap e seu legado no Hospital Sírio-Libanês

Ganhador do Oscar da Saúde, Paulo Chapchap, fala sobre sua trajetória no HSL e a importância do SUS

O segundo de quatro filhos homens de um casal de imigrantes libaneses, Paulo Chapchap nasceu e cresceu em São Paulo. Muito antes de cogitar carreira no amplo universo da Saúde, o gosto pelos estudos veio cedo e por iniciativa própria.

“Sempre gostei muito de ler. A maior parte das minhas horas não trabalhadas são dedicadas a leitura”, conta.

De família formada por engenheiros civis, Chapchap pretendia seguir a tradição e se formar engenheiro pela Presbiteriana Mackenzie, mas acabou por prestar Medicina na Universidade de São Paulo.

“Existia uma convenção de que precisávamos fazer Mackenzie, meu irmão mais velho sequer chegou a prestar a Politécnica (USP).”

Chapchap já esteve no comando de um dos principais Hospitais da América Latina: o Hospital Sírio-Libanês. Atualmente, Chapchap coordena o Grupo de Transplante do Hospital, é presidente do Conselho e Pró-Reitor dos Cursos Stricto-sensu do Instituto de Ensino e Pesquisa do Sírio-Libanês.

É também presidente do Conselho de Administração do Instituto Todos pela Saúde e membro do Conselho Consultivo da Unieduk.

Em entrevista à série “100 Mais Influentes da Saúde da Década”, Chapchap comentou sobre como a pandemia da Covid-19 trouxe maior reconhecimento para o SUS.

“Temos que reconhecer que esse Sistema é fundamental para que a nação brasileira viva com dignidade. Muitas vezes o SUS é a única possibilidade de assistência médica e só o fato de ter um sistema que busque equidade já é um ponto positivo.”

Chapchap completa: “Dizem que é impossível dar tudo para todos, mas eu acredito que esse é um compromisso da nação brasileira. O setor da Saúde continuará trabalhando continuamente para aumentar, cada vez mais, o financiamento e a transferência de conhecimento para o SUS.”

Sobre o que esperar para o futuro da Saúde, Chapchap acredita que seja necessário reorganizar a gestão e integrar a saúde pública e suplementar. “É fundamental que a gente dialogue profundamente e entenda que a inciativa privada tem uma enorme responsabilidade com o SUS.”

Sobre o prêmio 100 Mais Influentes na Saúde da Década, Chapchap se sente honrado em estar entre grandes nomes do setor.

“Quando olhamos um prêmio como esse, vemos quem mais ganhou e estou muito bem acompanhado. O reconhecimento mostra que você está indo no caminho certo, mas traz muita responsabilidade.”

100 Mais Influentes da Saúde

O prêmio “100 Mais Influentes da Saúde” existe desde 2013 e é realizado pelo Grupo Mídia. Os ganhadores são escolhidos pelo conselho editorial do Grupo Mídia baseado em votação aberta pelo site e pesquisa de mercado.

Na edição de 2021, o prêmio trará os ganhadores da última década. A partir do ano que vem, a edição segue com sua metodologia já conhecida, premiando os nomes que mais se destacaram no ano anterior.

A festa de premiação do “100 Mais Influentes da Saúde na Década” acontece no dia 1 de julho, em São Paulo. A cerimônia será restrita apenas a convidados e patrocinadores.

Para mais informações acesse:

Site:https://eventosgm.grupomidia.com/cem-mais-influentes-saude/

E-mail:eventos@grupomidia.com

Telefone:(16) 3913-9800

Confira a entrevista de Paulo Chapchap com Edmilson Jr. Caparelli, presidente do Grupo Mídia:

Próximo Post

HCM | Edição 77

HCM | Edição 76

  ASSINE A NEWSLETTER

Assine as revistas do Grupo Mídia

Quer falar com o mercado da saúde?
Fale com a gente!

16 3913 – 9800

Assinaturas e circulação: assinatura@grupomidia.com
Atendimento ao leitor: atendimento@grupomidia.com
Redação: redacao@grupomidia.com
Comercial: comercial@grupomidia.com