Ideias, Tendências, Líderes e Práticas

Higienização de ponta

Com expectativa de crescimento de 12% para o segundo semestre, Guima Conseco investe em inovações para o ramo de limpeza hospitalar

De acordo com o Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças, entre 20% e 30% das infecções relacionadas às assistências à saúde poderiam ser prevenidas com programas de controle e higiene intensivos. Assim, a limpeza do espaço físico de hospitais e de clínicas é fundamental quando o assunto é controle de transmissão de infecções.

Paredes, pisos, macas e até mobília integram um conjunto de superfícies e objetos que devem estar sempre limpos e desinfetados. “Entender as necessidades específicas de instituições médico-hospitalares é fundamental para qualquer serviço de limpeza que busca excelência”, afirma Carlos Guimarães, presidente da Guima ConSeCo, empresa de terceirização de facilities voltada para hospitais.

Quando realizada de forma incorreta e sem respeitar as devidas normas, a higienização pode dar origem a graves surtos em hospitais e clínicas. “Se surtos acontecem, podem se espalhar por todo o estabelecimento, colocando em risco a qualidade de vida de pacientes e funcionários.”

O executivo pontua ainda que orçamentos apertados, estruturas antigas, inadequadas e com problemas de manutenção, além da pouca ou falta de informação, colaboram para a não realização de uma boa higienização. “Há também questões como investimento na capacitação da mão de obra e na conscientização de todos os usuários da instituição que são problemas que ainda persistem no setor.”

Inovação e crescimento
Com o avanço da ciência, muitos micro-organismos e bactérias multirresistentes foram descobertos e, dessa forma, abriu-se um leque de oportunidades para novos estudos e especialização de empresas vocacionadas para este setor. “Esse é um nicho interessante, com um amplo campo, pois situações novas aparecem todos os dias.

Contamos com tecnologias altamente avançadas e recursos inimagináveis que nos permitem garantir limpeza e desinfecção bastante seguras nas instalações de saúde.”

Expectativas para o setor
A Guima ConSeCo, que está há 30 anos no mercado, espera um crescimento em torno de 12% para o segundo semestre do ano. Para isso, investe em inovações em totem e QR Code. A empresa está presente em instituições como SECONCI, Fundação ABC, CEJAM, SPDM, Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto, IAMSPE e Unidades de Saúde de Indaiatuba.

Confira matéria na 54ª edição da Revista Healthcare Management

CLIQUE AQUI E SELECIONE O IDIOMA