Ideias, Tendências, Líderes e Práticas

Farmácia sob medida no Hospital São Lucas, de Copacabana

Instituição investe em duas novas farmácias hospitalares com mobiliário otimizado

O mercado da saúde está cada vez mais exigente. Com um grande número de empresas atuando no setor, é comum que as instituições de saúde optem por aquelas que oferecem o serviço de melhor qualidade, que carregam um bom portfólio, que tenham know-how e que, principalmente, ofereçam soluções personalizadas. Cada unidade possui as suas necessidades e entender a singularidade dos clientes é um diferencial para estar entre os grandes do setor.

É dessa forma que a Qualybox, empresa especializada na confecção de mobiliário para Farmácias Hospitalares, procura oferecer soluções adequadas para cada cliente, com o objetivo de facilitar o fluxo de trabalho. Recentemente, a empresa foi responsável pela concretização da ala de fracionamento do Hospital de Brasília, gerido pela Rede Ímpar. A Instituição presta assistência médica para mais de 40 especialidades, contando com pronto-socorro adulto e infantil 24 horas por dia.

A parceria entre a QualyBox e a Rede Ímpar tem se fortalecido ao longo dos anos. Em abril deste ano, a empresa entregou duas novas farmácias no Hospital São Lucas de Copacabana. “Realizamos esses dois projetos especificamente para as farmácias das instituições. No Hospital São Lucas, as instalações para armazenamento de remédios controlados foram realizadas na Farmácia Central e na Farmácia Satélite, mesmo com o espaço reduzido conseguimos concretizar um projeto que atende três andares”, afirma Orlando Rebello, diretor comercial e proprietário da QualyBox.

Higienização
O Hospital São Lucas de Copacabana é um dos mais importantes da capital carioca. Ao todo, são realizados mais de 5 mil atendimentos mensais, além de 750 cirurgias, 140 processos de hemodinâmica e 1 mil internações, em média. Para atender as necessidades do Hospital, Rebello explica que a QualyBox optou por utilizar na confecção dos mobiliários materiais de primeira linha, que oferecem maior durabilidade.

Outra preocupação da empresa foi a higienização. “Em nossas gavetas intercambiáveis, utilizamos poliestireno virgem de alto impacto e alta densidade. Trata-se de um material que reduz consideravelmente o nível de contaminação dos medicamentos, podendo ser lavado com água e sabão, álcool 70 e demais produtos específicos para higienização”, reforça Rebello. Além disso, as gavetas não têm cantos vivos, o que facilita ainda mais a limpeza, já que proporciona mais agilidade no processo de higienização.

Rebello explica que o mobiliário tem grande importância dentro de uma farmácia hospitalar, sendo necessário que o material seja de fácil higienização, para evitar contaminações. Ele alerta que é preciso se atentar na escolha dos materiais adequados para determinadas áreas. “O mobiliário tem que facilitar a identificação dos medicamentos e a organização da área fará com que o fluxo de trabalho seja otimizado, evitando também acidentes, por isso é tão importante o planejamento bem feito do mobiliário de cada setor”.

O espaço a seu favor
Aproveitar bem os espaços é uma característica do trabalho da QualyBox. Foi com essa expertise que a empresa atuou no Hospital São Lucas de Copacabana. “Por exemplo, no nosso módulo de 75 básculas – que ocupa um espaço de 1.95m de largura e 0,99m de altura – conseguimos maximizar a quantidade de itens para 175 básculas utilizando o espaço de 1.95m de largura e 0,99m de altura, uma diferença enorme em tão pouco espaço utilizado”, diz Rebello. “Nossas gavetas intercambiáveis possuem quatro tamanhos diferentes, o que possibilita configurar da maneira que atender melhor nosso colaborador”, completa.

Rebello explica também que a empresa trabalha sempre com o objetivo de facilitar a transição dos colaboradores dentro das farmácias. “Prezamos pela facilidade de organização, evitar poluição visual para que facilite a localização de cada medicamento e assim dar fluidez ao trabalho”, completa.

Ainda, para minimizar margem de erro do farmacêutico durante o processo de abastecimento, o sistema QualyBox, utiliza básculas nas farmácias hospitalares. “As básculas Qualybox por serem fechadas em seus compartimentos, são abertas para abastecimento individual. Ou seja, quando o profissional estiver abastecendo os recipientes, caso algum medicamento caia fora da báscula, ao invés de cair no recipiente ao lado, ele irá cair ao chão, evitando que os medicamentos sejam misturados. Diferente dos bins, que são cumbucas abertas e, ao exceder o volume, causa a mistura de medicamentos por transbordar para o bin do lado, além de deixar o medicamento exposto à poeira”.

Ele explica também que quando não existe um fluxo otimizado de pessoas, podem ocorrer acidentes com medicamentos e atraso na preparação de kits, doses unitárias e entrega das demandas. “Quando otimizamos o fluxo, cobrimos este desperdício de tempo e percebemos que esse é realmente o ponto chave para a harmonia entre agilidade e segurança”, afirma Rebello.

Qualidade que vai além do nome
Com 19 anos de experiência, a QualyBox Indústria, Comércio e Serviços foi criada com o objetivo de oferecer soluções para cada família de produtos e facilitar o fluxo de trabalho em farmácias hospitalares. A empresa construiu grande expertise na concretização de farmácia robustas, com mobiliário otimizado e com produtos 100% de fabricação própria – com garantia de 3 anos caso exista algum defeito de fabricação.

Essa matéria foi publicada na 28ª edição da revista HealthRAQ. Clique e confira a publicação.