Ideias, Tendências, Líderes e Práticas

Espaço adequado para tecnologias no Hospital Santa Catarina (SP)

Instituição inaugura novo centro cirúrgico especializado em procedimentos minimamente invasivos; entre os destaques do projeto está a rede de gases medicinais e de ar-condicionado

A Avenida Paulista, também conhecida como o coração da cidade de São Paulo (SP), abriga há 112 anos o Hospital Santa Catarina, pertencente à Associação Congregação de Santa Catarina. Localizada no mesmo endereço, a Instituição busca investir em moderna infraestrutura e equipamentos de última geração.

A construção de um centro cirúrgico especializado em procedimentos minimamente invasivos está entre os recentes investimentos da Instituição, que conta com nova estrutura física e espaço exclusivo para médicos. O espaço proporciona a otimização do uso do Centro Cirúrgico Principal, local usado para a realização de cirurgias de maior complexidade.

Fachada 10.2017 300x225 - Espaço adequado para tecnologias no Hospital Santa Catarina (SP)O centro cirúrgico especializado em procedimentos minimamente invasivos não oferecerá apenas cirurgias de baixa complexidade, já que também disponibiliza procedimentos cardiológicos, vasculares, gastroenterológicos e neurológicos. Um exemplo de recurso para o novo espaço é a tomografia intraoperatória, que permite uma avaliação mais detalhada de possíveis intercorrências. “Com este setor, pretendemos aumentar o volume de procedimentos com maior complexidade e ter mais variedade nos procedimentos”, afirma Alline Jorgetto Cezarani, diretora executiva do Hospital Santa Catarina.

Um dos diferenciais que compõe a construção do centro é a redundância na rede de gases medicinais e do ar condicionado, por exemplo. “Caso um equipamento venha a passar por manutenção, a sala não será totalmente bloqueada e a agenda não será afetada pelo mesmo, além de ser uma sala de porte grande”, conta Alline.

Durante a reforma, o Hospital realizou a adequação da recepção, do arsenal, da sala de equipamentos e do expurgo. Além disso, criou-se uma sala de exames adicional e um vestiário de barreira.O projeto foi realizado em quatro etapas para não atrapalhar o funcionamento do Instituição. Dessa forma, para manter as atividades sem afetar o atendimento aos pacientes, uma equipe multidisplinar se encontrava frequentemente para discutir ações com objetivo de facilitar o fluxo de funcionários e pacientes.

Por exemplo, o grupo realizou toda a sinalização da área de intervenção. “A cada etapa de intervenção, uma nova reunião de alinhamento e verificação in loco da ação tomada era verificada em conjunto. Para o prosseguimento da fase seguinte, visitas constantes pelas equipes de apoio também contribuíram para a estratégia.”

Tecnologias implantadas
Para a inauguração do novo centro cirúrgico, o investimento do Hospital Santa Catarina de São Paulo foi de R$5 milhões. Além da estrutura física, a Instituição se preocupou com o espaço adequado para as tecnologias implantadas. Entre as novidades, está o equipamento Azurion, da Philips, que permite aos médicos contar com uma plataforma de terapia guiada por imagem.

Segundo Alline, o recurso faz ajustes em tempo real e controla a dose de radiação adequada para cada tipo de procedimento. “A exibição em 3D do funcionamento do procedimento proporciona uma experiência de interface para o usuário que melhora o desempenho da sala de intervenção, levando um cuidado superior ao oferecido pelo mercado aos pacientes”.

Dessa forma, o projeto incluiu um estudo realizado internamente para identificar as oportunidades de melhoria no fluxo de áreas e a criação de um ambiente adequado para cirurgias minimamente invasivas. Para concluir esse trabalho, o Hospital reuniu uma equipe multidisciplinar que envolve às áreas de Engenharia, do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar, do Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho e da Enfermagem. “A ideia é que esses profissionais ofereçam maior apoio para atender as premissas dos órgãos competentes”, afirma Alline.

Modernização
Em 2018, o Hospital Santa Catarina de São Paulo também iniciou a reforma do principal centro cirúrgico, criou um novo serviço de hemodiálise e reparou completamente uma Unidade de Internação. Além disso, investiu recursos na abertura do novo andar de internação, que inclui reforma de 29 quartos e a instalação de nova tecnologia em duas salas de Raio-X.

Outro grande investimento da Instituição, de aproximadamente R$ 11 milhões, foi a aquisição do moderno aparelho para cirurgia robótica, o Da Vinci Xi da Strattner. O equipamento, presente na Instituição desde abril deste ano, auxilia a equipe médica em procedimentos nas áreas ginecológica, urológicas, oncológicas e grastroenterológicas.

Com o aparelho, os cirurgiões podem acessar locais considerados difíceis em cirurgias complexas. Além de permitir incisões mais precisas e contar com visão 3D ampliada, que faz com que especialistas tenham maior percepção de profundidade e imagem cristalina. “Possibilita ainda que a recuperação do paciente seja até duas vezes mais rápida”, acrescenta Alline.

A tecnologia também está presente nos novos equipamentos. Buzz e Kick funcionam como GPS para procedimentos no cérebro. Dessa forma, neurocirurgiões podem realizar o mapeamento preciso da região a ser tratada e assim fazer incisões mínimas, sendo que em alguns casos não há a necessidade de anestesia geral.

Essa matéria foi publicada na 28ª edição da revista HealthRAQ. Clique e confira a publicação.