Ideias, Tendências, Líderes e Práticas

Incubadora de startups do Einstein comemora primeiro ano com previsão de expansão para 2019

Parcerias estratégicas e multidisciplinares, troca de know-how e ampliação da rede de networking permearam o 1º ano de vida da Eretz.bio, que reúne cerca de 22 startups de saúde

A Eretz.Bio, incubadora de startups de saúde da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein, completa, no final de 2018, um ano desde sua criação. Com o objetivo de fomentar o ecossistema de inovação em saúde e levar a qualidade e a excelência do Einstein para o setor, a iniciativa vem dando oportunidade para o desenvolvimento e troca entre novos empreendedores. Agora, a incubadora prevê uma importante ampliação para 2019.

“A ideia inicial foi criar um ambiente que propiciasse a interação e unisse empreendedores da área de saúde com os diversos atores do ecossistema de inovação em saúde, ou seja, os provedores de serviços, indústria, órgãos reguladores, agências de fomento, capital de risco e, principalmente, os pacientes e cidadãos. Passado um ano, notamos que podemos ir mais além”, afirma Sidney Klajner, presidente da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein.

Atualmente, a Eretz.bio está localizada na Vila Mariana, Zona Sul de São Paulo e abriga 22 startups de forma presencial e virtual. Os empreendedores incubados contam com um espaço de coworking, laboratórios e equipamentos do Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa (IIEP) e acesso as diversas unidades geridas pelo Einstein.

Para 2019, está prevista a criação da Eretz.bio 2, próxima à unidade Morumbi do Hospital Israelita Albert Einstein que contará com um espaço ainda maior dedicado aos empreendedores em saúde. O novo prédio abrigará, em particular, as startups focadas em biotecnologia e que necessitam de apoios científicos e de pesquisa clínica de maneira mais pronunciada. “A expansão da Eretz.bio será capaz de estreitar o relacionamento entre as startups com o próprio hospital, Medicina Diagnóstica, Instituto de Pesquisa e Unidades de Ensino, como as Faculdades de Medicina e Enfermagem, permitindo um fluxo de trabalho e colaboração cada vez melhor”, completa Klajner.

O novo espaço representa também a expansão de um novo tipo de atividade empreendedora, com a previsão de criação de spin-offs de projetos de pesquisa e desenvolvimento tecnológico interno.

“Em 2019 estaremos ademais fortalecendo o caráter internacional do processo de apoio ao empreendedorismo em saúde com a contínua parceria com a Plug n Play, incluindo a atração de startups estrangeiras e auxílio para aquelas startups nacionais em estágio mais avançado no processo de expansão global”, afirma Claudio Terra, Diretor-Executivo de Inovação e Gestão do Conhecimento do Einstein.

Um ano de sucesso

No último ano, foram realizados mais de 100 eventos, workshops e palestras propondo os mais diversos tópicos de conversa promovidos pela Eretz.bio. Entre eles, duas edições do “Encontro Internacional de Empreendedorismo e Inovação em Saúde”, considerado o maior evento de empreendedorismo e inovação em Saúde no Brasil.

Um dos grandes passos da Eretz.Bio foi a adesão à Plug and Play Cleveland Innovation Platform, programa de aceleração global que conecta startups, parceiros corporativos e investidores de todo o mundo.  O Einstein se tornou a primeira organização de saúde brasileira a incorporar o ecossistema Cleveland, com o objetivo de colaborar com a Cleveland Clinic, a JumpStart Inc. e a Plug and Play Cleveland para avaliação de tecnologias de ponta em saúde.