Telemedicina do HCor alcança a marca de 1 milhão de laudos emitidos à distância

Desde 2009, a Central de Telemedicina do HCor emite laudos à distância de exames de eletrocardiograma (ECG), auxiliando o atendimento pré-hospitalar nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), em todo país. Em dez anos foram cerca de 1 milhão de laudos, sendo 22 mil por mês.

Intitulado Boas Práticas na Atenção à Cardiologia e Urgências Cardiovasculares, o projeto é uma parceria entre o HCor e o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (PROADI-SUS), e tem o objetivo de agilizar e melhorar a qualidade dos exames cardiológicos realizados nas unidades de saúde pública em todo Brasil.

“Os primeiros minutos são fundamentais em casos de infarto e arritmias. Cerca de 50% das mortes por infarto acontecem nas primeiras 24 horas após o evento cardiovascular. Estamos fornecendo tecnologia de ponta e atendimento especializado para salvar vidas”, afirma o cardiologista e coordenador da Telemedicina do HCor, Fábio Taniguchi.

Os benefícios da Telemedicina incluem o atendimento de forma rápida, apoio na condução de casos clínicos complexos, diagnósticos precisos realizados pelos cardiologistas do HCor, potencial impacto em desfechos clínicos em 285 unidades de saúde com o serviço habilitado, sendo 91 em SAMU e 194 em UPA.

“A telemedicina permite o acesso a especialistas que não se encontram na região, com redução de deslocamentos desnecessários e oferta de exames complementares não disponibilizados. Programas de apoio ao cuidado clínico também são exemplos de ajuda aos pacientes”, acrescenta Taniguchi.

Veja mais posts relacionados

Dasa e Ímpar anunciam plano de união

Duas das principais empresas do setor de saúde brasileiro, Dasa, líder em medicina diagnóstica, e Ímpar, segunda maior rede independente de hospitais,...