Rede Mater Dei de Saúde oferece acompanhamento especializado através de Check-Up Pós-Covid

Durante a pandemia do novo coronavírus, milhões de pessoas foram infectadas, mas felizmente o número de casos com pacientes recuperados é superior ao de perdas. No entanto, durante o período de manifestação da doença, muitos destes pacientes apresentam complicações em vários sistemas do corpo, sendo necessárias ações de assistência para garantir a saúde também após suas recuperações.

Tendo o ponto acima em vista, a Rede Mater Dei de Saúde implantou o Check-up Pós-covid, que conta com uma equipe multidisciplinar para oferecer aos seus pacientes um serviço completo e diferenciado de acompanhamento pós-infecção. O objetivo é que a equipe especializada realize o acompanhamento do paciente de forma humanizada, tratando possíveis sequelas que o Coronavírus possa ter causado na saúde dos pacientes.

Para isso, ao realizar o Check-up Pós-Covid na Rede, o paciente passará a princípio por uma avaliação médica. A coordenadora médica do Check-up da Rede, Dra. Carla Tavares, explica que na avaliação inicial o paciente passará por uma consulta detalhada para definir em qual perfil de risco se encaixa em cada um dos sistemas que podem ser afetados pela covid-19 (pulmonar, cardiovascular, urinário, neurológico, além da saúde mental). “A partir dessa estratificação de risco, o paciente será encaminhado aos especialistas necessários, realizará os exames que forem recomendados com atendimento personalizado, acompanhamento próximo, indicação do melhor tratamento e orientações para otimização da recuperação pós-covid”.

Importância do acompanhamento pós-covid

Segundo pesquisa realizada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), um grupo acompanhado pelos pesquisadores afirma que após a recuperação continua a ter sintomas como fadiga e falta de ar. O grupo também relata impactos no estado emocional. Essa pesquisa mostra a importância da assistência à saúde do paciente após sua recuperação.

As complicações mais comuns e conhecidas são as que acometem o sistema respiratório, especificamente o pulmão, em que o paciente pode apresentar dificuldade para respirar, com o quadro podendo evoluir, em casos mais graves, para uma síndrome do desconforto respiratório agudo (SDRA). Contudo, é necessário ressaltar que, após a recuperação, há também a possibilidade de complicações para a saúde a longo prazo em outros importantes sistemas do corpo humano como os sistemas cardiovascular, urinário, neurológico e endócrino.

Os casos devem ser estudados e acompanhados individualmente por um especialista a fim de proporcionar ao paciente tratamento personalizado e eficaz para sua reabilitação pós-covid. Em algumas situações pode ser necessário que o paciente faça fisioterapia, por exemplo.

Próximo Post
  ASSINE A NEWSLETTER

WEBINÁRIO | Covid-19

HCM | Edição 74

Assine as revistas do Grupo Mídia

Quer falar com o mercado da saúde?
Fale com a gente!

16 3913 – 9800

Assinaturas e circulação: assinatura@grupomidia.com
Atendimento ao leitor: atendimento@grupomidia.com
Redação: redacao@grupomidia.com
Comercial: comercial@grupomidia.com