Clicky

Plataforma Healthcare Management. Ideias, Tendências, Líderes e Práticas - Healthcare Management

Rede D’Or fecha compra da SulAmérica

A Rede D’Or, uma das principais redes de hospitais do Brasil, e a SulAmérica, um dos maiores seguradoras de saúde do país, confirmaram que fizeram um acordo de fusão, que ocorrerá por meio de uma troca de ações.

A informação foi antecipada no fim da tarde pelo jornalista Lauro Jardim, colunista do jornal O Globo.

Com a operação, a Rede D’Or entra para valer no mercado de seguros. Até então, a companhia tinha apenas uma participação na Qualicorp, conhecida por oferecer planos de saúde por meio de adesão coletiva.

A transação ainda precisa ser aprovada pelos acionistas das duas companhias, que deverão convocar assembleias para tratar do assunto.

Pelo acordo, a SulAmérica tem exclusividade de negociação com a Rede D’Or por 12 meses, sob pena de pagar uma multa de R$ 5 bilhões. A Rede D’Or, por sua vez, tem exclusividade de 18 meses, sob pena de pagar uma multa de R$ 2 bilhões.

A troca de ações vai considerar uma proporção de 0,2561 nova ação ordinária da Rede D’Or para cada ação ordinária ou preferencial da SulAmérica. Os valores de referência serão os do fechamento do dia 18 de fevereiro, com um prêmio de 49,3% sobre as units da operadora de seguros.

O movimento das duas companhias reforça uma tendência do setor de saúde nos últimos anos: a verticalização, que se traduz em um esforço das empresas para atuar em todas as frentes da área de saúde, como hospitais, clínicas, laboratórios de diagnósticos e planos de saúde.

E uma curiosidade: em 2020, a Rede D’Or vendeu para a SulAmérica um grupo hospitalar do Paraná, o Santa Cruz, que também tinha uma operadora de planos de saúde. A Rede D’Or havia comprado o negócio em 2019.

A fusão da Rede D’Or com a SulAmérica também dá sequência a um movimento de expansão que a rede de hospitais tem tocado que deu início ao seu processo de abertura de capital, em outubro de 2020.

De lá para cá, a companhia fez 16 aquisições de hospitais. As compras fazem parte de um plano para adicionar 5 mil leitos à rede entre 2021 e 2025, uma média de mil por ano. Com as aquisições feitas até o momento, já foram mais de 2 mil leitos incorporados.

A ação da SulAmérica fechou o pregão desta quarta como a a maior alta do dia. O papel teve valorização de 25,16%. A companhia é avaliada em R$ 13,1 bilhões.

A ação da Rede D’Or, por sua vez, teve o segundo maior avanço, de 8,82%. A empresa é avaliada em R$ 109,4 bilhões.

Balanço

Nesta noite, a SulAmérica também divulgou balanço com os resultados do quarto trimestre. A empresa registrou prejuízo de R$ 31 milhões no período entre outubro e dezembro. Em igual período do ano anterior, a companhia havia anotado lucro líquido de R$ 42,7 milhões.

O resultado do ano todo também teve piora. Em 2021, a SulAmérica teve lucro líquido de R$ 332,5 milhões, retração de 85,8% em relação a 2020.

A sinistralidade da companhia também se agravou. No quarto trimestre, ficou em 88,4%, um aumento de 8,9 pontos percentuais em relação a um ano antes. Em 2021, o índice ficou em 84,9%, um aumento de 8,5 p.p em comparação a 2020.

As receitas operacionais, por sua vez, somarm R$ 5,3 bilhões no quarto trimestre do ano passado, alta de 2,1% em relação a igual período do ano anterior. Em 2021, foram R$ 21 bilhões em receita, expansão de 4,8%.

Próximo Post

HCM | Edição 85

HealthARQ - Edição 38 - Bia Gadia

HealthARQ - Edição 38 - Lauro Miquelin

HealthARQ - Edição 38 - Daniel Mendez

Health-IT Prêmio '22

  ASSINE A NEWSLETTER

Assine as revistas do Grupo Mídia

Quer falar com o mercado da saúde?
Fale com a gente!

16 3913 – 9800

Assinaturas e circulação: assinatura@grupomidia.com
Atendimento ao leitor: atendimento@grupomidia.com
Redação: redacao@grupomidia.com
Comercial: comercial@grupomidia.com