“Metas e objetivos permearam meus 40 anos de Saúde”, diz Sérgio Rocha, da Abraidi

Sérgio Rocha, presidente da Abraidi, é entrevistado na série “1 Década de Influência na Saúde” por Edmilson Caparelli, presidente do Grupo Mídia.

 

Nascido e criado em Porto Alegre, Sérgio Rocha teve sua infância e adolescência marcada por esportes e educação. Seu esporte favorito naquela época era futebol, mas também lembrou dos momentos de pescaria com a família em entrevista para a série “1 Década de Influência”, com Edmilson Caparelli, presidente do Grupo Mídia.

“Tracei a minha vida por questões de estudos. Sempre tive metas e objetivos do que queria ser, e isso desde muito jovem”, afirma Rocha, atual presidente da Abraidi – Associação Brasileira de Importadores e Distribuidores de Produtos para Saúde.

 

E foi dessa forma que Rocha desenhou sua carreira na Saúde, que já completou 40 anos de trajetória. “Comecei a trabalhar bem aos 16 anos, junto com meu pai. Aos 18 anos participei de uma entrevista de seleção na indústria, onde passei quatro anos. Era uma subsidiária da Coca-Cola.”

Depois de certo tempo na empresa, seu ex-chefe o chamou para fazer um processo seletivo em um hospital. Começara, então, a história de Sérgio Rocha na Saúde, e seu primeiro passou foi no Hospital Cristo Redentor de Porto Alegre, pertencente ao Grupo Conceição, onde ficou por 10 anos.

Depois disso, Rocha buscou novos caminhos na Saúde. Em 1988, começou sua carreira profissional na indústria da saúde, especificamente na Johnson & Johnson, onde ficou até 2004 como gerente Regional Sul.

“Quando a gente não sabe para onde vai, qualquer caminho serve. Então, você tem que ter certeza do caminho que quer seguir e sempre faça bem feito.”

Nesse ano, as novas metas e objetivos de Rocha o levaram a ser sócio da Endosul, importadora de produtos médico-hospitalares e associada da Abraidi.

Na Associação, sua história começou há 10 anos. Nos últimos três anos, Rocha vem atuando fortemente para projetar a Abraidi como uma das entidades líderes no setor de saúde. Para isso, intensificou a agenda de reuniões e encontros com órgãos reguladores, com representantes de governos Federal, Estaduais e Municipais, com parlamentares, com entidades coirmãs, associações de hospitais e operadoras de saúde, entre outros.

O presidente da Abraidi considera o setor da Saúde de extremo potencial, mas que ainda precisa de líderes sérios que pensem mais no coletivo. “ Somos o país da ‘umbigologia’, com pessoas que só pensam em si. Temos que olhar o coletivo, para todos”.

Confira a entrevista na íntegra:

Próximo Post
  ASSINE A NEWSLETTER

WEBINÁRIO | Covid-19

HCM | Edição 70

Assine as revistas do Grupo Mídia

Quer falar com o mercado da saúde?
Fale com a gente!

16 3913 – 9800

Assinaturas e circulação: assinatura@grupomidia.com
Atendimento ao leitor: atendimento@grupomidia.com
Redação: redacao@grupomidia.com
Comercial: comercial@grupomidia.com