LAIS exporta tecnologia para o enfrentamento à pandemia

O sistema Orienta Corona RN, iniciativa desenvolvida pelo Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LAIS/UFRN), passa a ser usado, a partir de agora, também no Estado do Espírito Santo.

O Orienta Corona, que oferece informações e esclarece dúvidas sobre a COVID-19 de maneira virtual, está sendo implementado em ação conjunta entre o LAIS e a Universidade Federal do estado em questão, através do Núcleo de Telessaúde do Hospital Universitário Cassiano Antonio Moraes (HUCAM/UFES).

A parceria foi alinhada por meio da iniciativa da professora Carmen Barreira-Nielsen, coordenadora de Telessaúde do HUCAM. De acordo com ela, o momento de pandemia vivenciado em todo o país reforçou a necessidade da parceria.

“Nós já vinhamos acompanhando as produções do LAIS na área da inovação em saúde, laboratório no qual já pude atuar em pesquisas na base de Audição e Linguagem. Vi que este era o momento de estabelecermos esta parceria, e oferecer no estado do Espírito Santo ferramentas que já estavam disponíveis para a população no RN e poderiam ser muito úteis neste período da pandemia para o ES. A possibilidade de oferta do Orienta Corona vem em um momento muito importante, onde a gente pede para que as pessoas fiquem em casa, que cumpram o isolamento social. É importante que novos casos da doença sejam identificados com segurança, antes que precisem ser encaminhados para os serviços de saúde. Já temos cidades e estados onde os serviços de saúde colapsaram, então, o que queremos com o Orienta é evitar idas desnecessárias aos serviços de saúde e seu possível colapso, através de informações sobre condutas que podem ser adotadas pelas pessoas dentro de suas casas”, explica.

No RN, o atendimento virtual do Orienta Corona funciona através de um sistema onde o usuário faz um primeiro atendimento virtual, sendo direcionado em seguida para o atendimento com um estudantes de cursos da área da saúde da UFRN e da Universidade Potiguar (UnP), sob supervisão de professores das duas instituições, através de um projeto de extensão. Já para o estado da região Sudeste, o sistema possibilitará fechar outra lacuna dos serviços de saúde.

“Para o processo de trabalho do hospital, a gente tem também um benefício muito grande, que é a força de trabalho que pode ser empregada no serviço de teleorientação. Nós temos médicos que são especialistas e que fazem parte do grupo do risco. Portanto, estavam fora do hospital e afastados do trabalho. Com o Orienta Corona, eles foram inseridos novamente na frente de apoio e através do teleatendimento, junto com os alunos de Medicina e Enfermagem, têm sido uma importante força para o enfrentamento da COVID-19”, contou a coordenadora de Telessaúde do HUCAM.

Sistema foi adaptado para uso no ES
De acordo com o pesquisador Sedir Morais, desenvolvedor do Orienta Corona, após as primeiras reuniões para alinhamento da parceria, a implementação da ferramenta foi rápida. “Em cerca de duas semanas conseguimos colocar o sistema deles no ar. Desenvolvemos aqui no RN, mas com todas as especificações que respeitam a realidade de enfrentamento da pandemia no estado do Espírito Santo”, disse.

Coordenadora do Orienta Corona RN, a professora Lyane Ramalho destacou que esta implementação do sistema em outra região cumpre a missão social do projeto. “O Orienta Corona é uma ferramenta que tem a missão de fazer a educação da população em relação ao autocuidado responsável. Essa tem sido uma experiência gratificante, uma vez que é uma ferramenta que desenvolvemos para o nosso estado, mas que está impactando também fora dele. A partir desta experiência verificamos que ele pode ser utilizado em outras regiões, a partir das especificidades de cada uma delas. É a pesquisa aplicada auxiliando a população, sobretudo neste momento da pandemia onde o isolamento social se faz tão importante. Hoje o maior remédio é ficar em casa, mas ficar em casa sob orientação. E essa é a função do Orienta Corona tem e vem conseguindo cumprir”, afirmou.

Sobre o Orienta Corona RN
O sistema Orienta Corona RN, que integra o ecossistema tecnológico criado pelo Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS), é a ferramenta de mais fácil acesso sobre o novo coronavírus, voltada diretamente para auxiliar a população. O objetivo é oferecer orientações para a população e informações para seu autocuidado, multiplicando ações de prevenção individuais e coletivas nos seus domicílios, bairros e comunidades, e assim diminuindo a sobrecarga nos serviços de saúde.

Por meio de perguntas simples e diretas, o sistema procura identificar a necessidade do usuário relacionada à COVID-19. O indivíduo tem acesso online ao sistema, que pode ser acionado pro qualquer dispositivo com acesso à internet. O serviço é gratuito.

Acesse o Orienta Corona
Rio Grande do Norte: clique aqui
Espírito Santo: clique aqui

Próximo Post
  ASSINE A NEWSLETTER

HCM | Edição 68

Assine as revistas do Grupo Mídia

Quer falar com o mercado da saúde?
Fale com a gente!

16 3913 – 9800

Assinaturas e circulação: assinatura@grupomidia.com
Atendimento ao leitor: atendimento@grupomidia.com
Redação: redacao@grupomidia.com
Comercial: comercial@grupomidia.com