Farmácia como elemento estratégico

Em 2017, a Organização Mundial da Saúde (OMS) lançou uma iniciativa global para reduzir em 50% os danos graves e evitáveis associados a medicamentos em todos os países no período de cinco anos. Nesta ação, os farmacêuticos hospitalares estão incluídos para aperfeiçoar a forma como os medicamentos são prescritos, distribuídos e consumidos.

Diante desta importância do tema, a terceira edição da SAHE – South America Health Exhibition traz, pela primeira vez, o Fórum de Farmácia Hospitalar para integrar a programação de conteúdo em 2019. “Será uma grande oportunidade para compartilhar as melhores práticas desenvolvidas em Hospitais de referência”, conta Ana Lúcia Camargo, presidente do comitê científico do Fórum e da Comissão de Integração da Assistência Farmacêutica do Hospital das Clínicas da USP (CIAF-HCFMUSP).

Com o tema “A farmácia como elemento estratégico na gestão hospitalar”, o Fórum abordará o impacto positivo da incorporação de tecnologias na assistência segura ao paciente e a farmácia como um setor estratégico na otimização de recursos. Além disso, promoverá debates que incluem temas como segurança nos processos logísticos, com foco no recebimento do medicamento até a administração no paciente.

“Também vamos debater sobre protocolos de Farmácia Clínica baseados em evidências científicas para monitoramento de resultados terapêuticos definidos, com a escolha da melhor opção de tratamento ao paciente, adequada às possibilidades de custeio do hospital”, revela Ana Lúcia.

Para a executiva, a farmácia hospitalar é essencial não apenas para a qualidade do atendimento, mas também para a gestão financeira. Neste sentido, o cenário econômico brasileiro exige a preservação da sustentabilidade do negócio para a manutenção do nível de excelência e da segurança ao paciente por meio do uso seguro e racional de medicamentos e materiais médicos.

Outro tema que será abordado é a tecnologia, que também já está intrínseca nas farmácias dos hospitais e proporciona melhorias indispensáveis. “A robotização propicia maior segurança, rapidez e transparência nos processos, e consequentemente na tomada de decisão. Tendo em vista que a quarta revolução industrial já chegou à saúde, o Hospital 4.0, onde a farmácia hospitalar está inserida, é o futuro inevitável”, defende.

Compartilhar conteúdo
A SAHE, que acontece entre os dias 12 e 14 de março de 2019, terá mais de 20 fóruns diferentes organizados por comitês científicos. “A expectativa é promover a troca e disseminação de conhecimentos técnicos das práticas vivenciadas entre os participantes que já atuam ou pretendem atuar na área, tendo em vista ser uma Feira de Saúde focada em qualidade e inovação que proporciona bons momentos de networking”, revela Ana Lúcia.

Esta matéria foi publicada na57ª edição da revista Healthcare Management.

Veja mais posts relacionados