Hospital Paulista de Otorrinolaringologia investe em projeto de modernização do Bloco Cirúrgico

O Hospital Paulista de Otorrinolaringologia segue se modernizando para aprimorar o atendimento à sua equipe e pacientes. Somente em 2018, foram investidos mais de R$ 5 milhões de reais no Bloco Cirúrgico, área que engloba o Centro Cirúrgico, a Recuperação Pós-Anestésica (RPA), o Conforto Médico e a Central de Material Esterilizado (CME).

 

  • Aporte de mais de R$ 5 milhões de reais tornou o local mais seguro para pacientes e médicos
  • Central de Material Esterilizado (CME) conta com novo processo para garantir mais segurança e rastreabilidade dos instrumentais e equipamentos cirúrgicos
  • A Recuperação Pós-Anestésica (RPA) possui 11 novos leitos reformados com equipamentos e serviços necessários para garantir a rápida recuperação do paciente após sua cirurgia

 

O último aporte foi realizado no CME, que passou a ter um espaço maior, um novo sistema de rastreabilidade eletrônica e três novos equipamentos: uma termodesinfectadora e duas autoclaves, que transformam o processo de esterilização dos materiais cirúrgicos em unidirecional. “A segurança dos pacientes e da equipe é nossa prioridade. Dessa forma, a entrada do material não estéril é totalmente oposta à saída do esterilizado, fazendo com que a chance de infecções hospitalares seja próxima a zero”, afirma o Dr. Braz Nicodemo Neto, diretor técnico e médico do Hospital Paulista.

É importante destacar que o investimento realizado no CME também fomentou a tecnologia do setor, pois a partir de um software é possível gerar um código bidimensional (datamatrix), que identifica cada instrumento usado no hospital. “Esse reconhecimento é responsável por armazenar todas as informações de cada item. Após o processo de cadastro no sistema, são realizadas as etapas de recepção, expurgo, preparo, processamento, expedição, conferência e uso em sala”, explica o médico.

O sistema conta ainda com o registro de todos os processos com informações como data, hora e nome do colaborador que realizou a operação, garantindo todo o histórico do processo de esterilização.

 

Recuperação Pós-Anestésica

A Recuperação Pós-Anestésica (RPA) é mais uma área contemplada no projeto de modernização do Hospital Paulista de Otorrinolaringologia. Foram reformados 11 novos leitos com equipamentos e serviços necessários para o paciente que tenha passado por uma cirurgia e necessariamente deve ser monitoramento até que seja liberado para o quarto. “Esses investimentos proporcionam conforto, segurança, praticidade e um atendimento cada vez mais humanizado, consolidando o Hospital Paulista como um local de referência e tecnologia de ponta em suas atividades”, finaliza o Dr. Braz.

Veja mais posts relacionados

HMC tem nova superintendente

O Hospital Márcio Cunha (HMC), administrado pela Fundação São Francisco Xavier (FSFX), empossou a nova superintendente da unidade: a médica...