Clicky

Plataforma Healthcare Management. Ideias, Tendências, Líderes e Práticas - Healthcare Management

BASF, Bayer e Hospital Alemão Oswaldo Cruz buscam startups com soluções na área de saúde

BASF, Bayer e Hospital Alemão Oswaldo Cruz buscam startups com soluções na área de saúde

A BASF, a farmacêutica Bayer e o Hospital Alemão Oswaldo Cruz são alguns dos participante da 5ª edição do Programa Startups Connected, que busca promover o desenvolvimento de novos negócios entre grandes empresas e startups do Brasil e da Alemanha. As inscrições estarão abertas até o próximo dia 20 de julho.

O programa, que é uma iniciativa da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha de São Paulo (AHK São Paulo), reúne anualmente grandes empresas que buscam por startups aderentes aos seus desafios.

No certame, a startup melhor avaliada em cada desafio será selecionada para participar do programa de aceleração, no qual deverá desenvolver um projeto-piloto em conjunto com a empresa-âncora.

“Ficamos muito satisfeitos com o amplo reconhecimento que conquistamos com o Programa Startups Connected. Lançamos essa iniciativa pela primeira vez em 2015, visando suprir as necessidades de nossas empresas associadas e, hoje, podemos afirmar, com certeza, que somos o parceiro estratégico das empresas-âncoras no que tange à inovação aberta.

De lá para cá, engajamos cerca de 1.000 startups e continuamos motivados para aumentar ainda mais esse número”, afirma Bruno Vath Zarpellon, Diretor de Inovação e Tecnologia da Câmara Brasil-Alemanha de São Paulo.

As startups vencedoras serão anunciadas no dia 1º de setembro e, além de poderem desenvolver um projeto-piloto com a empresa âncora, terão uma série de benefícios, como participação em workshops exclusivos, assessoria em áreas diversas, suporte para internacionalização e ajuda de custo para desenvolvimento do projeto-piloto, além da oportunidade de realizar um pitch no 8º Congresso Brasil-Alemanha de Inovação, que acontecerá no formato online no dia 24 de setembro.

Para as startups ganhadoras, o início do processo de aceleração está previsto para setembro e terá a duração de três meses.

As empresas-âncoras deste ano, que serão responsáveis por acelerar as startups vencedoras em cada categoria com o acompanhamento da AHK São Paulo, são BASF, Bayer, Centro Alemão de Ciência e Inovação São Paulo (DWIH São Paulo), Hospital Alemão Oswaldo Cruz, Siemens Energy, Siemens Industrial e Voith.

Conheça os desafios:

BASF – We Care – Qualidade de Vida – soluções baseadas em tecnologias emergentes e modelos inovadores que avaliem a condição de limpeza e higienização ou sinalize a contaminação.

Espera-se que esta solução seja acessível para aplicações em superfícies e segura para contato animal e humano, além de terem flexibilidade de customização, escalabilidade e custo competitivo.

Bayer – Diagnóstico Inteligente – soluções baseadas em tecnologias emergentes e modelos inovadores que acelerem o diagnóstico, otimizando o tempo e os recursos de todos os envolvidos.

Hospital Alemão Oswaldo Cruz – Digitalização da Jornada do Paciente – soluções baseadas em tecnologias emergentes e modelos de negócios inovadores que contribuam na digitalização e otimização da jornada de pacientes, principalmente daqueles portadores de câncer.

Siemens Energy – Gestão Inteligente de Energia – soluções baseadas em tecnologias emergentes e modelos inovadores que gerem informações valiosas a partir de dados reais de equipamentos da empresa.

Trata-se de um desafio voltado à aplicação de tecnologias digitais em processos e equipamentos de geração e gestão de energia que também leve em conta aspectos cruciais para os clientes e para a Siemens, como segurança cibernética e privacidade de dados.

Siemens Industrial – Realidade Aumentada na Indústria e Infraestrutura – startups baseadas em tecnologias emergentes e modelos inovadores com soluções que aproximem o ambiente presencial ao digital e facilitem os operadores da indústria e de áreas relacionadas à infraestrutura.

Voith – Embalagens Sustentáveis Inteligentes – soluções que tragam mais tecnologia e modernidade às embalagens, garantindo confiabilidade, segurança, comodidade, juntamente aos processos de fabricação, destinação e reciclagem que permita o avanço de uma economia circular.

Para participar de um dos desafios acima, a startup deve ter sido desenvolvida no Brasil ou na Alemanha e ter uma equipe de, no mínimo, três pessoas, com mais de 18 anos. As inscrições podem ser feitas pelo site www.startupsconnected.com.br, até o dia 20 de julho.

Desafio para startups residentes na Alemanha

Centro Alemão de Ciência e Inovação São Paulo (DWIH São Paulo) – Brasil Sustentável – soluções inovadoras dentro de um ou mais Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs) indicados, desenvolvidas em um ambiente acadêmico ou científico. Espera-se que as startups tenham interesse em atuar em nível empresarial, além de estabelecer cooperação científica e Pesquisa & Desenvolvimento (P&D) no Brasil.

Próximo Post

HCM | Edição 85

HealthARQ - Edição 38 - Bia Gadia

HealthARQ - Edição 38 - Lauro Miquelin

HealthARQ - Edição 38 - Daniel Mendez

Health-IT Prêmio '22

  ASSINE A NEWSLETTER

Assine as revistas do Grupo Mídia

Quer falar com o mercado da saúde?
Fale com a gente!

16 3913 – 9800

Assinaturas e circulação: assinatura@grupomidia.com
Atendimento ao leitor: atendimento@grupomidia.com
Redação: redacao@grupomidia.com
Comercial: comercial@grupomidia.com