Ideias, Tendências, Líderes e Práticas

Leilão de hospital, em São José do Rio Preto, recebe ofertas até hoje

Preço mínimo de venda do empreendimento imobiliário é de R$ 30 milhões

Termina nesta quarta-feira, 16, o prazo para interessados entregarem suas propostas para arrematar as instalações do antigo Hospital Nossa Senhora da Paz, em Rio Preto. O prédio foi colocado em leilão por determinação da Justiça do Trabalho pelo preço mínimo de venda do empreendimento imobiliário de R$ 30 milhões.

O dinheiro servirá para pagar dívidas trabalhistas estimadas em R$ 12,1 milhões, de acordo com a última atualização, de 2016, devidas a pelo menos 200 trabalhadores após 16 anos de espera; além de débitos com cofres federais, estaduais e municipais. O hospital fechou suas portas em 2002 e, depois, seguiu-se um impasse judicial que durou até agora.

O imóvel, localizado na avenida Anísio Haddad, possui 12 mil metros quadrados de construção e quatro andares. Inicialmente, o prédio foi avaliado em R$ 39,2 milhões, mas depois de acordo entre as partes, o valor da venda foi estipulado em R$ 30 milhões, no mínimo. Atualmente, possui 115 leitos, podendo chegar a 186 – já que uma ampliação foi começada e não terminou. São 32 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), dez consultórios, seis centros cirúrgicos, berçário, unidade de radiologia, etc.

As ofertas estão sendo recebidas desde 15 de fevereiro, em envelopes fechados e entregues diretamente ao corretor Julio Cesar Cardoso, responsável pela alienação do imóvel. No dia 21 deste mês, às 10 horas, haverá uma sessão pública no Fórum Trabalhista de Rio Preto para abertura das propostas. Será declarada vencedora a proposta de maior valor apresentada.

De acordo com Cardoso, 30% (R$ 9 milhões) devem ser dados de entrada e o restante, R$ 21 milhões, podem ser parcelados em até 30 meses, com correção. O comprador também paga comissão de 5% (R$ 1,5 milhão) ao corretor, sem parcelamento.

 

Fonte: Diário da Região