Ideias, Tendências, Líderes e Práticas

Hospital da Criança de Brasília inicia obra de ampliação

Ato marcou o início das obras, que colocará o DF como referência no Centro-Oeste em transplantes infantis, tratamento de doenças do sangue e câncer

O Hospital da Criança de Brasília José de Alencar será ampliado. Um ato simbólico marcou, na última quarta-feira (9), o início da construção do segundo bloco, que terá 22 mil metros quadrados. A estrutura contará com 202 leitos, sendo 164 para internação e 38 para unidade de terapia intensiva (UTI). A expansão vai colocar o Distrito Federal como referência no Centro-Oeste em transplantes infantis, tratamento de doenças do sangue e câncer.

O bloco não terá consultórios e será destinado somente à internação. A grande vantagem é que a criança, se tiver a necessidade de internação ou cirurgia, não precisará voltar aos hospitais da rede. No próprio Hospital da Criança, ela será atendida e encaminhada à internação. Atualmente, o hospital tem 22 leitos.

A rede pública tem 576 leitos gerais (clínicos e cirúrgicos), e o Hospital da Criança abrirá 164, o que significa aumento de 28%. Em relação aos leitos de UTI pediátricos, há 64 na rede, e serão criados outros 38 no Hospital da Criança. O aumento é de 59% nessa modalidade.

Cápsula enterrada

Para marcar o início da construção do Bloco II, foi enterrada uma cápsula do tempo. Dentro dela, o convênio firmado para a realização da obra, mensagens escritas pelos servidores do hospital e pacientes e uma foto do evento. No Hospital da Criança também foi criado um mural para que as pessoas deixem suas mensagens. O Governo do Distrito Federal tem participação financeira de 80,2% na obra, o que equivale a R$ 82 milhões.

O valor também será utilizado para aquisição de equipamentos, mobiliário e hotelaria. A Organização Mundial da Família entrará com o restante do valor. A previsão de entrega é 30 de dezembro de 2016. O Hospital da Criança de Brasília José de Alencar fica no SAIN Lote 4-B, S/N (ao lado do Hospital de Apoio), na Asa Norte.

 

Fonte: Agência Brasília.